Conecte-se conosco

Estado - País - Mundo

Presidente lança bebida que promete “curar” o Coronavírus

22/04/2020 - 15h28min

Atualizada em 22/04/2020 - 15h33min

Presidente Andry Rajoelina de Madagascar garante a eficácia da bebida (Créd. AFP)

A cura do Coronavírus pode estar na ilha de Madagascar. E não é a da animação que fez sucesso com as crianças, mas sim o País de verdade, situado na costa africana. E o mais inusitado de tudo: a solução viria através de uma bebida a base de chás e ervas.

O anúncio foi feito nesta terça-feira (21) pelo próprio presidente do país, Andry Rajoelina, que em cerimônia com muitos convidados – entre ministros, jornalistas e especialistas da área médica – fez uma demonstração na prática do remédio “revolucionário”, que até ganhou um nome: Covid-Organics.

De acordo com a agência de notícias AFP, a bebida foi desenvolvida pelo Instituto de Pesquisa Aplicada de Madagáscar, e tem como matéria-prima a artemísia, uma planta com eficácia comprovada no tratamento da malária.

“Este chá de ervas dá resultados em sete dias. Serei o primeiro a beber isto hoje, na vossa frente, para mostrar que este produto cura e não mata”, afirmou o presidente, enquanto empunhava o remédio, para em seguida beber o chá milagroso.

Dr. Charles Andrianjara, presidente do Instituto de Pesquisa Aplicada de Madagascar, garante que o Covid-Organics será usada como profilaxia, ou seja, para prevenção, mas as observações clínicas mostraram uma tendência à sua eficácia no tratamento curativo.

O novo remédio, no entanto, não consta na lista de medicamentos indicados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no combate a doença. Inclusive, representantes da OMS foram convidados para participar da cerimônia de apresentação da cura. Ainda não reconhecido pela comunidade internacional, segundo o presidente de Madagascar “duas pessoas foram curadas com este tratamento”, razão pelo qual vai passar a ser distribuído às crianças em idade escolar.