Conecte-se conosco

Colunistas destaque

Rafael Sobis, escritores de Dois Irmãos e façanhas pelo Brasil afora

23/06/2020 - 16h55min

Atualizada em 23/06/2020 - 16h57min

Por

Mauri Marcelo Toni Dandel

RAFAEL SOBIS

O ídolo colorado Rafael Sobis, hoje no time do Ceará, postou no seu Instagram o livro do Ismael Kolling. Ele traz dicas, das quais duas valem o livro: “Há gestores que passam o dia resolvendo repetidos problemas que a falta de planejamento causa”. Conhece alguém que faz isso? E outra: “É preciso levar consigo as pessoas, explicar os porquês, pois a essência do negócio se dá pela equipe”. É mais ou menos assim que o Ismael escreveu! Sábias palavras…

Sobis recomendou livro de dois-irmonense no “Insta”

LEITOR

O Dari Thomas está escrevendo um livro sobre suas viagens de carro. Conheci-o na borracharia (em frente a Pegada e antes disso, ao lado do Brüder). Ele já fez várias de viagens para Perú, Chile, Bolívia, deu a volta ao Brasil, subindo pelo Mato Grosso e retornando pelo litoral, ao lado da esposa Marli. Enfim, parte destas estórias vai estar nos seus livros.

RÁPIDAS “LITERÁRIAS”

– A coluna de hoje não falará em política. Então, quem busca polêmica pode ir parar por aqui e voltar amanhã! Brincadeira, mas o assunto hoje é só um: livros!

– Sobre o livro do Ismael: falta o “filho do seu Geraldo e da dona Clarice” (diria o Faustão) contar como conquistou este garoto-propaganda famoso! Já pensou o Sobis jogando o Veterano por aqui?

– Sobre o livro do Dari: Juarez Stein, o senhor precisa ler o livro dele e dar sua opinião!

– Você sabia que o Dari já leu centenas ou milhares de livros de variados autores? Na conversa, me auto-desafiei a garimpar as anotações de toda infinidade que já li. Obrigado!

– Deve ter umas 30 pessoas na cidade que já escreveram livros. Valorize-os, pois talvez você nem saiba, mas seu vizinho pode ser um escritor, mesmo que de um livro só!

– Aos 10 anos escrevia livros infantis. Depois, escrevi outros (engavetados) até chegar a e-books. Estou sempre metendo pilha para as pessoas escreverem suas estórias, só assim o conhecimento é compartilhado, sem contar que é forma de manter documentada nossa História. O Juarez Stein é um caso (hoje tem seu blog com seus livros de Dois Irmãos, acesse lá!), o Adelar do Diário, que já visitou mais de 500 cascatas pelo Brasil (a maioria, de moto), é outro caso, inclusive, hoje desafio o Miguel Engelmann, que já foi aventureiro de carro pela América, para documentar estas façanhas.

– Outro dia vou citar aqui todos os escritores que temos na cidade, a começar pelo Betinho.  Por hoje, cito o Anton Roos, que veio morar há alguns anos aqui e que tem vários livros lançados!

– Por fim, a mensagem positiva do dia: “um país se faz com homens e livros”, do Monteiro Lobato, escritor infantil (foi o criador do Jeca Tatu), mas talvez poucos sabem, é praticamente o “pai da escavação de petróleo” Brasil afora! Como se vê, você pode ter sua profissão, mas também pode escrever seu livro! Se alguma gráfica ou editora estiver lendo, por favor, contate a gente!