Conecte-se conosco

Notícias

Recurso é negado e frigorífico com surto de coronavírus terá que fechar

09/05/2020 - 17h58min

Atualizada em 09/05/2020 - 18h00min

Frigorífico BRF (Créd.: Divulgação)

Lajeado – O Tribunal de Justiça não aceitou o pedido de recurso da BRF na tarde deste sábado, 9, e a empresa precisa acatar a ordem da Justiça, fechando o frigorífico por 15 dias. A desembargadora do TJ, Laura Louzada Jaccottet, manteve o entendimento da juíza Carmen Luiza Rosa Constante Barghouti, de Lajeado, e ressaltou que existe um risco sanitário muito grande.

A juíza levou em consideração que a BRF foi responsável por 26% das internações de Covid-19 no
Hospital Bruno Born. Os funcionários da empresa protestaram nas redes sociais, alegando que a empresa poderá falir, gerando muitos desempregos.

Agora, a empresa deverá higienizar toda sua unidade industrial no período que estiver fechada, seguindo critérios e orientações dos órgãos de vigilâncias sanitárias, além de monitorar e testaer os funcionários.

 

Fonte: Agora no Vale