Conecte-se conosco

Destaques

Região segue na “bandeira laranja” do distanciamento controlado

24/05/2020 - 17h29min

Atualizada em 24/05/2020 - 17h31min

Rio Grande do Sul – Na tarde do sábado, 23, o Governo do Estado divulgou a atualização das bandeiras do sistema de Distanciamento Controlado, que determinam os protocolos de enfrentamento ao novo coronavírus no Rio Grande do Sul. Com a terceira atualização do Distanciamento Controlado, 12 de um total de 20 regiões estão classificadas com bandeira laranja – na atualização anterior, 15 regiões estavam nessa classificação. A nova bandeira significa que as regiões estão com um dos dois cenários: média capacidade do sistema de saúde e baixa propagação do coronavírus ou alta capacidade do sistema de saúde e média propagação do vírus.

A principal mudança na nova atualização é em três regiões que estavam com cor laranja e tiveram nível de restrição reduzido, recebendo a bandeira amarela (risco médio/baixo): Uruguaiana, Capão da Canoa e Santa Cruz do Sul. Com isso, o levantamento apresenta oito regiões do RS com risco baixo e a maior parte do território gaúcho com risco epidemiológico médio para a covid-19. De acordo com a atualização, o Estado permanece sem bandeira vermelha (risco alto) ou preta (risco altíssimo) e o novo mapa com as bandeiras atualizadas é válido de 25 a 31 de maio.

Conforme o governo do Estado, as principais alterações das últimas duas semanas apresentadas pela terceira rodada do sistema de Distanciamento Controlado são:

– O número de óbitos por Covid-19 aumentou 13,3% entre as duas últimas semanas (de 30 para 34)

– O número de internados em UTI por SRAG aumentou 7,56% no Estado entre as duas últimas sextas-feiras (225 para 242)

– O número de internados em leitos clínicos com Covid-19 no RS aumentou 18,50% entre as duas últimas sextas-feiras (173 para 205)

– O número de internados em leitos de UTI com Covid-19 no RS reduziu 3,10% entre as duas últimas sextas-feiras (129 para 125)

– O número de leitos de UTI adulto disponíveis para atender Covid-19 no RS aumentou 6,85% entre as duas últimas sextas-feiras (de 467 para 499)