Conecte-se conosco

Coluna Nova Petrópolis

Restrição de horários: um convite à aglomeração

22/05/2020 - 11h51min

A forma como o comitê do coronavírus vem conduzindo o assunto em Nova Petrópolis já recebeu muitos aplausos. Suas decisões equilibradas e responsáveis, aliadas à colaboração da população, nos trouxeram até aqui. Comparados a outros lugares, vamos muito bem. Outros lugares que falo, é aqui mesmo no Rio Grande do Sul, apesar de o Estado também estar numa situação elogiável na comparação com os demais. Mas sempre há o que melhorar. Neste sentido, há uma restrição contraditória. Falo das restrições em horários de atendimento. Um exemplo: o consumo de bebidas alcoólicas em estabelecimentos gastronômicos está restrito aos horários das 11h30 às 14h e das 19h às 21h. Fiquemos com o caso do jantar. Quem quer comer algo e beber uma cerveja artesanal ou um vinho precisa fazê-lo nesse intervalo de duas horinhas. O que é isso? Um convite à aglomeração! E o pior, um convite patrocinado pelas autoridades públicas!

CONVITE À AGLOMERAÇÃO
Talvez exista algum protocolo de saúde, desconhecido por mim, dizendo que os estabelecimentos gastronômicos devem servir bebidas alcoólicas só nessas duras horinhas das 19h às 21h. E pronto, normas de saúde não se discutem. Pesquisei no sistema de bandeiras e cores do Estado e não encontrei nada neste sentido. Parece que é uma decisão que cabe ao município. Então pergunto: se o objetivo é evitar aglomerações, porque não permitir um atendimento mais ampliado, o que automaticamente ajuda ria a distribuir o público? Da mesma forma, não consigo compreender qual é o ganho sanitário ao se deixar a Prefeitura fechada ao público no turno da manhã. De tarde as pessoas chegam em dobro e precisam fazer filas na porta.

ESTRATÉGIA INEFICAZ
Essas restrições de horários dão a impressão de que a estratégia das autoridades é fazer a pessoa desistir de sair de casa. O propósito obviamente é nobre, mas muito ineficaz. E tem um certo tom autoritário nisso, o que também não ajuda em nada. Nesta altura dos fatos, quem vai na Prefeitura, o faz só porque precisa. Ninguém desiste porque o atendimento é só de tarde. Já o sujeito que quer beber algo enquanto janta, ou ele irá mesmo nesse horário das 19h às 21h, dividindo o espaço com todo o público daquela noite, ou ele irá para outro município próximo onde os horários são outros. Linha Nova e suas excelentes cervejarias, por exemplo. Ficar em casa é a única coisa que ele não fará.

O EXEMPLO DA PÁSCOA
Na véspera da Páscoa, quando Porto Alegre reabriu as lojas de chocolates, permitiu-se o funcionamento 24 horas por dia. Era a esperança de que alguns fossem comprar de madrugada, diminuindo e as aglomerações o público no horário comercial. #FicaaDica.

ROTA EM ALTA
No processo de planejamento e retomada do turismo regional, quem está em alta é a Rota Romântica. O roteiro acaba se ser o destaque principal em uma lista de destinos elaborada pela revista “Café Viagem”. No dia 14 de maio, representantes de nove dos 14 municípios se reuniram com a diretoria da Rota para planejar ações de retomada. O lançamento do circuito de cicloturismo está sendo estudado para o mês de agosto. A pandemia faz essa modalidade de turismo ser ainda mais procurada.

Por Francis Jonas Limberger
[email protected]
WhatsApp: (51) 99888-1830

LEIA OUTRAS COLUNAS RECENTES DE NOVA PETRÓPOLIS

O que mudou em Nova Petrópolis após o primeiro caso de Covid

Os vereadores de Nova Petrópolis cumpriram o seu papel

Nova Petrópolis começa a planejar o Natal 2020

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *