Conecte-se conosco

Geral

Três pessoas são presas em operação contra rachas em Nova Petrópolis e Picada Café

27/04/2020 - 10h18min

Atualizada em 27/04/2020 - 11h51min

Operação foi realizada em trecho onde costumam ocorrer acidentes (Créd.: PRF)

Nova Petrópolis/Picada Café – A Polícia Rodoviária Federal realizou durante o domingo, 26, uma operação de combate a rachas e manobras perigosas na BR-116, em trecho entre os dois municípios onde acidentes, principalmente envolvendo motocicletas, costumam ocorrer.

Três pessoas foram presas durante a operação, sendo uma por dirigir alcoolizada, outra por estar com o direito de dirigir suspenso, e outra por entregar a direção para uma pessoa não habilitada. Todas foram liberadas após assinarem Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e responderão os processos em liberdade.

Ao todo, foram fiscalizados 575 veículos, sendo 13 recolhidos, e lavrados 108 autos de infração por diversas infrações de trânsito. Dois condutores foram autuados por embriaguez e 13 por ultrapassagem em local proibido. Outros veículos foram 34 retidos para regularização. Comércios às margens da BR também foram fiscalizados, já que naquele trecho é proibida a venda de bebidas alcoólicas para o consumo nos estabelecimentos.

Operação foi realizada em trecho onde costumam ocorrer acidentes (Créd.: PRF)

Recorrência de acidentes

O trecho escolhido pela PRF para fiscalização possui intenso trânsito e aglomeração de motocicletas nos finais de semana, sendo, muitas vezes local de acidentes, inclusive fatais. “O trecho da BR-116 entre Nova Petrópolis e Picada Café é alvo de reclamações de moradores e usuários da rodovia sobre o comportamento imprudente de alguns motociclistas. O local concentra grande quantidade de acidentes graves envolvendo principalmente motocicletas”, citou a PRF.

A operação contou com diversas viaturas tradicionais, além de motocicletas, um Camaro e um helicóptero para evitar fugas. Outras operações já foram realizadas nestes locais, totalizando mais de mil veículos fiscalizados até o momento.

Operação foi realizada em trecho onde costumam ocorrer acidentes (Créd.: PRF)