Conecte-se conosco

Notícias

Veja o recado da Herta: hora de todos que pertencem a terceira idade relembrar os bailes de antigamente

03/04/2020 - 15h33min

Dois Irmãos – Hoje o recado é todo ele da Herta: “Já que não podemos sair para jogar bingo ou ir a bailes, vamos lembrar dos velhos tempos. Quando chegavam os finais de semana, nos sábados pela manhã a gente tinha que arrumar e deixar casa toda limpa, quando estava tudo pronto, vinham os irmãos e sujavam tudo, nós corríamos atrás deles com a vassoura. A tarde, a mãe deixava a gente ir na casa das amigas, lá nós discutia a roupa que ia usar ou qual uma iria emprestar para outra, se usaríamos o “eslaque” novo! Ou se iria passar maquiagem ou não!
Chegava a noite, tínhamos que ir a pé, quando chovia a gente tinha que ir de guarda-chuva, mas chegar de guarda-chuva no salão de baile, isto não, pedíamos para o irmãozinho levar a gente depois pagávamos um picolé pra ele.
OS BAILES
Os bailes eram diferentes (“Die Bällewarenunterschiedlich”), os homens eram de uma elegância (“Die Männerwarenelegant”), usavam sapatos, calça de linho, fatiota, gravata, usavam um chapéu. Não podia entrar com o chapéu, deixavam pendurado na chapelaria. Os homens ficavam de um lado e as mulheres do outro, de repente, eles vinham, pé por pé e diziam “querem tomar uma gasosa?”. “Pode ser”. Tomávamos a noite toda uma gasosa. Quem era casado e tinha filhos pequenos, traziam eles juntos, pois tinha o quartinho de dormir para as crianças (Schlafzimmer).
SE CUIDEM: FIQUEM EM CASA
Eu sei que não é fácil ficar em casa, vamos aproveitar e pegar o baú velho e olhar o quem tem dentro, olhar os álbuns de fotografia, porque nós da melhor idade ainda temos álbum de fotografia. E vai chegar um tempo que não terão mais fotos para serem vistas. Vamos ficar em casa. Beijos da Herta: Queriitos”.

Mensagem da Herta Klein

A agenda da Terceira Idade hoje é um pouco diferente: nada de sair, fique em casa>

HOJE O RECADO É DA HERTA
Na quarta-feira passada, o convidado foi o Dr. Antonio Satyro. Nesta quarta, quem veio nos fazer uma visita pelas páginas do Diário foi a Herta Klein. A “Tia Herta” como a gente chamava no passado. Então, leiam com atenção o recadinho da Herta. Ela não apenas diz para ficarmos em casa, mas faz um convite: que tal abrir o baú velho para olhar os albuns de fotografia. E mais: como eram os sábados de antigamente? Está curioso para saber como eram os sábados da Herta? Confira: