Assim dá para se definir a primeira feira de artesanato de Picada Café

O evento se enquadra dentro do que propõe a política da administração, custo baixo, um evento que se paga por si só. E eventos assim devem ser buscados cada vez mais pela secretaria de Turismo. É fazer mais com menos.

EXEMPLO

Um exemplo de captação de eventos é a cidade de Nova Petrópolis. A cidade oferece a Rua Coberta e eventos menores acontecem lá quase o ano todo. A feira do artesanato de Picada Café é um desses, sim, pequeno hoje, mas que tende a crescer cada vez mais. Quem sabe através deste evento não surjam novos artesãos? O artesanato é uma fonte de renda para muitas famílias e poderiam ser oferecidos cursos. Mais uma vez sentimos falta da nossa ACISPC que no passado chegou a oferecer curso nesta área.

EXPOVESTE

Assim como o governo anunciou em abril, está chegando o novo evento de julho. Trata-se da Expoveste, exposição e comercialização de empresas que trabalham com vestuário (malha, calçado, bolsas, acessórios) e outros. Será dias 6 e 7 de julho no Parque Jorge Kuhn. Esse evento também está gerando grande expectativa. Isso porque temos empresas fortes no ramo, empresas que já são acostumadas a participar de grandes feiras fora daqui. O que se espera é que todas participem deste primeiro Expoveste. Claro que todos são apostas e cada um pode ser ajustado ano após ano, ficando mais do agrado dos expositores e dos visitantes.

SÃO JOÃO DA DÉCIO

A Escola Décio convida a toda comunidade para prestigiar a tradicional Festa de São João que se realizará nesta sexta-feira, dia 14. O evento ocorre no ginásio da escola com início às 19h. Entre as atrações da noite teremos danças, casamento caipira, tendas típicas, buffet de cachorro-quente e entrevero, dentre muitas outras. Está aí o convite para todos prestigiarem.

ACONTECEU DE NOVO…

… terminou na sexta-feira, dia 7, mais uma campanha de coleta de lixo eletrônico. Tudo muito bom, excelente. Mas na manhã desta terça-feira foi achada uma TV jogada no lixo bem próximo a Prefeitura Municipal, no Bairro Jardim Arroio das Pedras. Ou seja, quatro dias depois de encerrada a campanha o eletrônico voltou a ser jogado nas lixeiras. Uma pena, afinal, se ensina, se educa, se pede, se implora, mas nem sempre isso é o suficiente.

CIDADE LIMPA

Também ontem falei com Juarez Braz, responsável pela coleta seletiva de lixo na cidade. Ele me informou que, mesmo não sendo responsabilidade da empresa Navegantes, que faz a coleta, acaba recolhendo os eletrônicos. “A gente recolhe porque quer a cidade limpa. Mas o certo era o dono dar o devido destino ao lixo”, declarou. Ou seja, o que falta para o cidadão que jogou a TV no lixo sobra para o pessoal que faz a coleta na cidade: respeito com a cidade e com a natureza.