Conecte-se conosco

Colunistas

Linha Nova: ebulição política

Na última sessão da Câmara, cinco projetos foram aprovados, assim como o relatório de gestão em Saúde e avaliação das metas fiscais referente ao 3º Quadrimestre de 2019, com a presença da secretária da fazenda Marlene e da enfermeira-chefe Natália. Por si só, já teria sido um encontro movimentado dos vereadores, porém, foram outros elementos que transformaram a sessão em uma verdadeira “panela de pressão política”.

CPI

Conforme já era esperado, foi aprovada a abertura da CPI que irá averiguar supostas irregularidades da Prefeitura, relacionadas a confecção de um informativo de prestação de contas, distribuído ao final do ano passado aos munícipes. Afinal, apenas um terço da Casa seria suficiente para dar prosseguimento à comissão. O que não era esperado (pelo menos por mim), é que a decisão fosse tomada de forma consensual, ou seja, oposição e situação concordam que há algo que precisa ser averiguado na questão.

BATE-BOCA

A sessão de pouco mais de uma hora também contou com outras peculiaridades, não tão usuais dos encontros. Não que oposição e situação mantenham a harmonia na Casa, longe disso, mas nem sempre é possível ver um bate-boca entre os vereadores. E ocorreu, entre Jorge Schabarum e Éverli Wingert. A vereadora fazia suas exposições pessoais quando foi interrompida pelo presidente, a alertando que seu tempo havia terminado. Ela se defendeu, afirmando que tinha direito por ser líder de bancada, enquanto Schabarum argumentou que para tal, deveria ter informando antes, no momento da inscrição. A altercação foi acompanhada de gritos e tilintar de sino. Quem acompanhou a cena, ficou assustado.

POLITICAGEM

E o último ato deste encontro, ocorreu somente ontem. Conversei com o prefeito Henrique Petry, que na semana passada não quis comentar sobre o assunto por ainda não haver uma CPI em curso, e ele foi reto e direto, como lhe é de costume: a investigação não passa de politicagem. O prefeito comentou que, se houvesse uma preocupação real com a elaboração do informativo, bastava os interessados consultarem a nota de empenho do serviço, que é um documento público e informa as demandas que a oposição deseja saber. O certo mesmo, é que teremos 90 dias intensos em Linha Nova, pelo menos no cenário político.

BOA NOVA

Desta conversa com o prefeito, obtive uma excelente novidade para os moradores do Morro Grande. Está sendo encaminhado um projeto de pavimentação asfáltica para a localidade. A obra será executada com recursos próprios e tem previsão de abranger um trecho de um a 1,5 km. O orçamento está sendo feito e em 60 dias poderemos ter uma definição sobre a execução do projeto.

ESCOLARES

A Prefeitura informou que as rotas e horários dos ônibus de transporte escolar continuam as mesmas de 2019. Portanto, os alunos devem estar nos pontos de embarque cinco minutos antes do horário de costume.