Conecte-se conosco

Destaques

Estância tem o primeiro caso de transmissão comunitária do Covid-19 da região

Estância Velha – O município confirmou nesta quinta-feira, 26, o seu segundo caso de infecção pelo Covid-19 e, dadas as circunstâncias, é o primeiro registrado da região de cobertura do jornal O Diário como sendo de transmissão comunitária. Esta modalidade ocorre quando não é possível identificar a cadeia de infecção, impossibilitando descobrir quem transmitiu a doença para as demais pessoas. Nesta hipótese, há a perspectiva de aumento de casos de contágio e a dificuldade no combate.

O segundo caso confirmado se trata de uma mulher de 37 anos que trabalha na área da Saúde de Novo Hamburgo, mas que reside em Estância. Segundo relato da secretaria de Saúde de Estância Velha, a moradora não viajou para o exterior recentemente, cenário aplicado nos demais casos confirmados da região. Ela recorreu ao sistema de atendimento hamburguense para tratar dos primeiros sintomas e realizar o teste, que comprovou a existência do vírus em seu organismo na noite de quarta-feira, 25.

A secretária de Saúde de Estância Velha, Lenir Reichert, afirma que a mulher está em isolamento domiciliar desde o dia 18 e que apresenta bom quadro de saúde. “Ela está bem e não sente os fortes sintomas da doença. Fomos comunicados pelo Estado e desde então monitoramos o caso dela. Apesar de morar em Estância, toda sua rotina é em Novo Hamburgo”, destaca Lenir.

Demais casos

Até o momento, todos os casos confirmados de Covid-19 da região eram considerados infecções importadas, ou seja, de pacientes que contraíram a doença em viagens ao exterior. No caso da Encosta da Serra, haviam quatro casos confirmados nesta modalidade: um em Dois Irmãos, dois em Ivoti e um em Estância Velha. Em todas as confirmações os moradores regressaram da Europa e Oriente Médio.

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *