Luan deixou o campo mais cedo na derrota para o Bahia (Créd.: Lucas Uebel/Grêmio)

O Grêmio tem uma importante dúvida a sanar para a partida diante do Flamengo, pela volta das semifinais da Libertadores, na quarta-feira, 23: Luan joga ou não joga? O tricolor chegou ao Rio após a derrota para o Fortaleza, no sábado, 19, e chamou a atenção no desembarque a situação do atacante. Mancando, ele mostrou ter dificuldades para caminhar.

A lesão no tornozelo direito do camisa 7 gremista é decorrente de uma pancada. O tricolor tem dois treinamentos, nesta segunda, 21, e terça-feira, 22, para definir a equipe. A situação é similar à do ano passado, onde o Grêmio também estava na semi da Libertadores. Luan estava lesionado e não jogou contra o River, em função de uma fascite plantar.

O titular da posição, Jean Pyerre, também está machucado, e não joga há um mês. Ainda assim, Renato tem opções: Thaciano, Michel, Patrick, André, Luciano e até Diego Tardelli podem vir a suprir a posição. O problema, neste caso, é que o treinador teria de mexer em mais posições, e testá-las a tempo para o confronto decisivo.