Torcedor colorado será fundamental na partida de volta contra o Flamengo. (Foto: Ricardo Duarte/Internacional).

O Inter deixou o Maracanã com derrota por 2×0 para o Flamengo nas quartas de final da Libertadores. A esperança para a virada no Beira-Rio, no jogo de volta na próxima semana, está no histórico colorado: nunca o clube saiu atrás em um mata-mata do torneio e não reverteu.

Desde que disputou seu primeiro duelo eliminatório na competição sul-americana, em 1980, o Inter só foi superado após empates ou mesmo vencendo o jogo de ida. Nas três outras oportunidades que acabou derrotado na primeira partida, a equipe foi buscar a virada no complemento do confronto.

Foi assim em 2006, 2010 e 2015, sempre com derrotas na ida fora de casa e vitória no Beira-Rio. Curiosamente, nas três ocasiões, o placar do segundo jogo foi de 2 a 0 a favor do Inter, suficiente para levar a decisão contra o Flamengo para os pênaltis na próxima quarta-feira, às 21h30.

A primeira virada veio há 13 anos, em 2006, quando também nas quartas, o Inter perdeu para a LDU no Equador por 2 a 1. Na volta, fez 2 a 0 e avançou para ir até final, na qual acabou campeão.

Fonte: ESPN