Lomba em ação contra o São Paulo pelo Brasileirão. (Foto: Ricardo Duarte/Internacional).

Se o grupo do Inter exala motivação para a disputa da final da Copa do Brasil, Marcelo Lomba tem ainda mais elementos para o início da decisão contra o Athletico. Em alta, o goleiro completará 100 jogos pelo clube na Arena da Baixada. Uma atuação sólida ajudará o time a chegar mais tranquilo ao segundo jogo, no Beira-Rio, e o aproximará do primeiro título pelo clube gaúcho.

O camisa 12 tem brilhado no gol da equipe. Aproveitou a brecha deixada por Danilo Fernandes ainda no ano passado, quando o então titular passou por uma cirurgia no ombro direito, e não deu mais espaço. Acabou eleito o melhor goleiro do Brasileirão.

Mudou a temporada, mas não o desempenho. Lomba seguiu como um dos pilares da equipe em 2019. Suas defesas dão solidez ao sistema de Odair Hellmann. No último sábado, por exemplo, na vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo pelo Brasileirão, salvou o Inter logo aos cinco minutos, em uma finalização de Raniel.

Neste ano, disputou 46 partidas e levou 35 gols, o que dá uma média de 0,76 por jogo. Em 22 oportunidades, saiu de campo sem buscar a bola no fundo das redes, o que será importante para o duelo de volta da decisão. Na Copa do Brasil, o retrospecto é ainda mais imponente. Nos seis embates disputados, só levou dois gols, o que dá uma média de 0,33 por partida.

“Estou com um bom ritmo de jogo. Fico feliz pela equipe estar muito bem. O sistema defensivo está sólido, sofre poucos gols. Mas sempre precisamos evoluir. Ainda não conquistamos nada. São 180 minutos em que o bicho vai pegar. Os dois estádios estarão lotados. O privilegiado será o espectador”. disse o goleiro após a partida contra o Cruzeiro que carimbou o Inter na final.

O momento mostra como Lomba evoluiu no Beira-Rio. O goleiro chegou ao Inter no traumático 2016 em uma negociação que envolveu Muriel, que dirigiu-se ao Bahia. Mas seguiu à sombra de Danilo Fernandes, o que dava tranquilidade ao departamento de futebol. Tanto que a direção recusou liberá-lo para retornar à Ponte Preta, ainda em 2017.

Lomba no Inter
99 jogos
78 gols sofridos
45 jogos sem ser vazado
Melhor goleiro do Brasileirão em 2018

Fonte: GE