Time de Odair precisa vencer por dois gols de diferença para ser campeão no tempo normal (Créditos: Ricardo Duarte/Internacional)

O Inter deixou claro que conta com a sequência praticamente imbatível do Beira-Rio para reverter a vantagem do Athletico-PR. Ontem, o Furacão venceu o primeiro jogo da decisão da Copa do Brasil por 1×0, na Arena da Baixada. Mesmo assim, o técnico Odair Hellmann foi criticado pela postura defensiva do time.

“Vamos fazer a nossa pressão, o nosso desenvolvimento de jogo. Vamos buscar tirar essa diferença de placar organizados, dentro do nosso comportamento de Beira-Rio. Tenho convicção de que podemos fazer isso, com organização e intensidade”, disse ele em coletiva após a partida.

Mas não será tarefa fácil. O jogo de volta é na quarta-feira, 18. Para ser campeão nos 90 minutos, o Inter precisa vencer por, no mínimo, dois gols de diferença. Odair se disse confiante. “Temos de ter a confiança de que a final é no Beira-Rio. O jogo final terá de acontecer lá, onde nós somos muito fortes. Que a gente possa buscar a diferença”, falou.