Herval – A Câmara de Vereadores aprovou o projeto 025/2019, de autoria do Executivo,  que dispõe sobre o Programa Municipal de Controle de Procriação e Combate ao abandono de animais domésticos.

A lei prevê que as ações realizadas no Programa compreenderão a identificação e registro, o controle de zoonoses e a castração de animais domésticos do município que se encontram em situação de rua, animais recolhidos por entidades, e animais cujos guardiões se encaixem em critérios de baixa renda.

De acordo com a prefeita Mara Stoffel, a lei visa o bem-estar dos animais domésticos do município, especialmente cães e gatos. “Vamos fazer um levantamento de quem recebe bolsa família e, assim, identificar quem não tem condições de castrar os animais. Dessa forma começaremos pelas pessoas de baixa renda e que mostrarem interesse em castrar seus animais”, comentou a prefeita.

Débora Thais Wiest, que luta pelos direitos do animais, especialmente os de Santa Maria do Herval, ressalta a importância de debater ações que visem a conscientização sobre a posse responsável para, justamente, evitar maus tratos. “As pessoas precisam entender a  importância da castração, de recolher animais abandonados. Sobre a lei, a prefeitura vai beneficiar com castração gratuita somente os abandonados e de famílias que tenham cadastro NIS. A gente recomenda que quem se enquadre nos requisitos vá providenciando sua inscrição, na assistência social”, comenta.

Confira a matéria completa na edição da semana que vem.