Tenente Deise de Oliveira Tecca comanda os Bombeiros de Estância Velha e Ivoti (Foto: Sandra Costa)

Estância Velha – A notícia da suspensão do CNPJ do Corpo de Bombeiros Voluntários de Estância Velha caiu como uma bomba, na comunidade estanciense. O vereador Carlos Bonne (PDT), subiu na tribuna na última sessão, para criticar a atual comandante do Corpo de Bombeiros, a tenente Deise de Oliveira Tecca. “A comandante Deise está causando problemas em Estância Velha”, disse o vereador.

Desde 2011, Estância Velha se transformou num quartel misto com a chegada dos Bombeiros Militares, atuando em conjunto com os voluntários, ligados a Associação dos Bombeiros Voluntários de Estância Velha.

Após o falecimento do presidente Adriano Hansen, em agosto deste ano, alguns voluntários pediram desligamento, chocados com a perda do amigo. A comandante designou o Sargento Forlin, como conselheiro, para ajudar os associados a restabelecerem nova diretoria, se assim quisessem. No entanto, este informou que não houve interessados em realizar uma nova chapa e que o motivo, conforme informa a própria comandante Deise, seria devido a cheques protestados em cartório em Novo Hamburgo de compras feitas fora do Plano de Trabalho de diretorias anteriores, que estes ficariam vinculados ao CPF de quem assumisse a presidência.

Em nota publicada nas redes sociais, a comandante Deise diz que “os bombeiros voluntários, são nossos auxiliares e que ainda se encontram enlutados. E que as instalações municipais do quartel possuem condições precárias de convivência, alojamento com goteiras e mofo de anos o que gera desanimo e efeitos negativos no efetivo, que fazem estes retornem ao conforto de suas casas em pouco tempo e por este motivo, todos os anos são incluídos novos bombeiros voluntários.

Que os ataques de alguns políticos iludidos por fofocas e dissabores de fontes duvidosas, unilaterais e sobretudo não fundamentadas e a ausência do diálogo por parte destes, não trará nenhum benefício e causa pânico a sociedade e não melhorará as instalações que estão carentes de políticas positivas a mais de 5 anos”.

O assunto ganhou as redes sociais, e a comunidade está querendo uma explicação para o fim da Associação dos Bombeiros Voluntários, que tantos serviços prestou à população. Durante esta semana o assunto deve render muitas reações da sociedade.