Foto: Sandra Costa

Estância Velha – Na tarde desta terça-feira, Brigada Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, e Guarda Municipal de Estância Velha, realizaram um “sirenaço” na Praça 1º de Maio em homenagem ao agente do DENARC Edler Gomes dos Santos, 54 anos. O policial civil do Departamento de Investigações do Narcotráfico (Denarc) morreu ao ser baleado durante cumprimento de mandado de busca e apreensão em uma propriedade na área rural de Montenegro, no Vale do Caí, na manhã desta terça-feira (16). Edler ingressou na Polícia Civil em 2010, após atuar como militar no Exército. Outro agente do Denarc, Alexandre Machado, foi baleado durante a ofensiva e encaminhado a um hospital da região.

Esta é a quarta morte de policial no Estado em menos de três semanas (considerando policiais em serviço). O último caso havia sido registrado na quarta-feira passada, em Porto Alegre, vitimando o soldado da Brigada Militar Gustavo de Azevedo Barbosa Junior, 26 anos. Em 26 de junho, outros dois PMs foram mortos em confronto com criminosos na Capital.