Decreto foi assinado pelo prefeito e segue até dezembro (Créditos: Arquivo/PMLC)

Lindolfo Collor – Reduzir os gastos da Prefeitura. Essa é a meta da administração municipal. Por conta disso, o prefeito Wiliam Winck (PP) assinou um um decreto para contingenciamento de gastos.

O Poder Executivo afirmou que houve queda na arrecadação e aumento da despesa. Ao Diário, o prefeito revelou que foram reduzidos, por exemplo, 20% das despesas de serviços para custeio e manutenção e 20% na aquisição de bens de consumo, ambas quando proveniente de recursos livres.

Em relação aos funcionários, também houve corte e ficou determinada a redução mínima de 15% da despesa com cargos em comissão e 20% da despesa com funções gratificadas. “Cortamos alguns CC’s, reduzimos as horas extras. Tudo para economizar”, lembrou o prefeito.

O decreto foi assinado no início do mês pela secretária de Administração, Nicole Lacerda e pelo prefeito. O documento é válido até o dia 31 de dezembro de 2019.