Conecte-se conosco

 

Estado

Deputados estaduais cogitam montar uma CPI de combate a privilégios

Estado – Alguns deputados estaduais pediram informações, na semana passada,  sobre indenizações e férias pagas a conselheiros e servidores do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Eles estão analisando os próximos passos enquanto aguardam a reposta do TCE.

Dentre os instrumentos em análise consta a formação de uma Subcomissão, Comissão Especial ou Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) de combate a privilégios. Apenas um dos conselheiros recebeu quase R$ 700 mil de indenização. Além disso, mais 118 servidores teriam sido beneficiados com as vantagens.

O deputado estadual Elton Weber é um do 12 parlamentares que assinaram o pedido de informações ao TEC. “O Parlamento vem fazendo a lição de casa, cortou na carne, deu exemplo. Agora chegou a vez do Judiciário fazer o mesmo. Os benefícios recebidos por conselheiros e servidores são imorais, um deboche para a sociedade.”

Os 12 deputados que assinaram o pedido de informações ao TCE

Any Ortiz (CDN)

Elton Weber (PSB)

Fábio Ostermann (NOVO)

Giuseppe Riesgo (NOVO)

Luciano Zucco (PSL)

Luiz Henrique Viana (PSDB)

Mateus Wesp (PSDB)

Rodrigo Lorenzoni (DEM)

Sergio Turra (PP)

Sebastião Melo (MDB)

Tiago Simon (MDB)

Zilá Breitenbach (PSDB)