Conecte-se conosco

Estado - País - Mundo

Leite determina interdição de praias gaúchas e proíbe fechamento de limites dos municípios

Leite esteve reunido com a secretária Arita Bergmann e equipe da Saúde (Créditos: Gustavo Mansur/Palácio Piratini)

Porto Alegre – O governo do Estado decretou, na noite de sexta-feira, 20, a interdição das praias gaúchas e a ilegalidade do fechamento dos limites dos municípios, exceto se houve autorização expressa do governo estadual. “Não é veraneio e nem férias. É isolamento. Por isso, determinamos o fechamento de todas as praias, inclusive as de água doce. Além disso, o governo está proibindo que os municípios fechem os seus acessos”, reforçou Leite ontem.

O decreto também estabelece a orientação referente ao transporte de pessoas entre estados, e que realizam determinados tipos de atividades. Por exemplo, as empresas estão autorizadas a fretar ônibus para transportar pessoas a trabalho ao Rio Grande do Sul, até o limite da metade da capacidade de passageiros sentados e respeitadas as medidas de higiene.

Ainda, está proibida  entrada de veículos de outros países em território gaúcho e, em mais um ponto, os prestadores de serviços essenciais, como assistência médica, fornecimento de energia elétrica e água, tratamento de esgoto e segurança devem manter o funcionamento normal de suas atividades.