Conecte-se conosco

Notícias

Ano bissexto: a história do estanciense que nasceu em 29 de fevereiro

Thiago Henrique Gebhardt Utzig, 36 anos (Foto: arquivo pessoal)

Estância Velha – Para quem está pensando em não registrar o nascimento do filho amanhã, 29 de fevereiro, para evitar transtornos, saiba que isso não pode ser feito. O Art.54 da Lei de Registros Públicos (Lei 6.015/1973) dispõe que a Certidão de Nascimento deverá conter o dia, mês, ano, e a hora certa do nascimentoConstitui ilícito a falsidade do registro, consistente em modificar a data exata e real do nascimento.

Thiago Henrique Gebhardt Utzig nasceu no Hospital Municipal Getúlio Vargas, em Estância Velha, em 29 de fevereiro de 1984, às 14h25. Este ano está completando, 36 anos, porém, pela contagem fictícia, estaria completando apenas 9 anos. Brincadeiras como este ano não faz aniversário, não vai ganhar presente, e não pode dirigir você ainda é menor de idade, são algumas das piadinhas que Thiago já se acostumou a ouvir. Este ano vai comemorar a data especial, num jantar com familiares e alguns amigos. “Sempre comemoro muito, afinal de contas, a data exata só acontece de quatro em quatro anos”, observa Thiago.

Rosane Gebhardt, a mãe de Thiago, talvez nem tenha se dado conta da data especial quando registrou o filho e nem cogitou adiar o registro para o dia seguinte. As pessoas demonstram surpresa, quando Thiago fala a data de nascimento, mas nada além disso. “Às vezes, preciso apresentar minha identidade para que as pessoas acreditem que nasci em 29 de fevereiro”, comenta Thiago. “Nunca tive problemas com isso, pelo contrário, gosto de ser uma exceção e já me acostumei com as brincadeiras”, finaliza o estanciense.

PORQUE 366 DIAS

O ano 2020 é bissexto, fenômeno que ocorre, de quatro em quatro anos, e terá 366 dias. O dia 29 de fevereiro acontece, pela quingentésima quarta (504ª) vez na Era Cristã, mas ainda provoca curiosidade e causa brincadeiras.

O ano bissexto foi criado pelos romanos na época do imperador Júlio César para adequar o calendário ao tempo que a Terra leva para dar uma volta completa em torno do Sol. A translação (volta ao redor do Sol) não é feita em exatos 365 dias, mas sim em 365 dias, cinco horas, 48 minutos e 46 segundos. Essa fração de tempo é arredondada para seis horas e é compensada no ano bissexto, já que seis horas, em quatro anos, são 24 horas, ou seja, mais um dia.