(FOTO: POLÍCIA CIVIL)

Canela – Os dois acusados de serem os autores da morte do Victor Hugo de Athaydes, de 26 anos, foram identificados pela Polícia Civil. Nesta segunda-feira, eles se apresentaram na Delegacia local, acompanhados de seus advogados. Um deles ficou em silêncio, o outro confessou o crime, mas alega legítima defesa.

O crime, conforme a Polícia, ocorreu às 12h30 do último sábado, na rua Dos Pessegueiros, no bairro Vila Miná. Victor Hugo de Athaydes foi alvejado por pelo menos três disparos de arma de fogo, após discutir com os acusados do crime.

O delegado Vladimir Medeiros, titular da Delegacia de Polícia de Canela e responsável pelas investigações, pediu a prisão preventiva dos dois acusados após interrogá-los. Os dois possuem vasta lista de antecedentes policiais e já eram alvo de investigações pela Polícia Civil por conta do tráfico de drogas, motivo do homicídio de sábado, já que os três – vítima e autores – discutiram por questões relacionadas à venda de entorpecentes na cidade.

Medeiros destacou que se trata do sexto homicídio ocorrido na cidade neste ano, tendo novamente a equipe de policiais civis trabalhado em horário de folga para esclarecer todos os detalhes do crime.