Nova sede foi um dos grandes sonhos realizados (Cred. Foto Enio)

Dois IrmãosUma data para festejar, sim! A Liga Feminina de Combate ao Câncer completa 15 anos de trabalho voltado aos pacientes de Dois Irmãos, Morro Reuter e Santa Maria do Herval. Uma década e meia batalhando para fortalecer a luta contra uma doença ainda tão temida pela comunidade, assim como também incentivar ações que promovem a prevenção. Sábado à noite, a data será festejada com um jantar na Sociedade Santa Cecília.

A história da Liga Feminina de Dois Irmãos iniciou em meados de 2004, através das voluntárias da Liga de Ivoti, que na época atendiam os pacientes do nosso município. Elas procuraram a, então, comerciante Sueli Gernhardt, que era natural de Ivoti, e tinha forte ligação com Dois Irmãos. Sue, como é carinhosamente chamada, não pensou duas vezes e aceitou o convite e a proposta de fundar uma entidade em Dois Irmãos. Ela procurou mais algumas pessoas, que de pronto aceitaram a missão. As atividades iniciaram em 13 de junho de 2015, com a posse no dia 18 de agosto. A primeira sede era junto ao antigo prédio da Câmara de Vereadores, na Praça dos Três Poderes, e foi cedida gratuitamente pela Prefeitura. Um período depois, as voluntárias alugaram uma sala na Galeria Ranft. Os principais objetivos da Liga são assistir pessoas carentes portadoras do câncer, bem como informar, educar e conscientizar a população sobre o diagnóstico precoce e prevenção. Morro Reuter e Herval criaram núcleos, cuja sede-mãe continua sendo Dois Irmãos.

SONHO DA SEDE PRÓPRIA

Um dos primeiros sonhos realizados da Liga foi a aquisição da sua sede própria em 2010. Para conseguir arrecadar o dinheiro, foram inúmeros eventos promovidos pelas voluntárias e também doações de pessoas da comunidade. A primeira sede era uma pequena casa de madeira, no mesmo terreno da atual sede, na rua Gramado. O local passou por reforma e a grande inauguração aconteceu em 31 de março de 2011. Foi uma noite festejada entre sorrisos e lágrimas. A partir daquele momento, as voluntárias teriam uma sede própria para melhor atender os pacientes e suas famílias, além de ter um espaço para realizar suas reuniões e demais serviços necessários, sem o pagamento mensal de aluguel. O sonho das voluntárias ganhava novas perspectivas e, então, batalharam para conseguir construir uma sede nova, maior e com conforto. A meta foi atingida com muito trabalho e também apoio de profissionais de engenharia, arquitetura, empresários e parceiros dos eventos. “A comunidade foi uma grande parceira, sempre”, conta a fundadora e primeira presidente, Sueli. A nova sede, com 362m2, conta com salas para atendimento médico e de psicólogo, sala de reuniões da diretoria, espaço amplo para encontro com pacientes assistidos, sala para guardar equipamentos e depósito. A inauguração do novo prédio ocorreu em 16 de setembro de 2016.

ONCOLOGISTA

Com a compra do terreno e construção da sede própria, as voluntárias da Liga Feminina continuaram pensando no futuro e colocando metas. Em abril deste ano, elas tiveram mais uma grande conquista: a entidade passou a oferecer atendimento com oncologista, que ocorre em sexta-feira, pelo especialista Gabriel Volpato. São atendidos pacientes encaminhados diretamente pela Secretaria de Saúde e também os que procuram de forma particular. A Liga também conta com atendimentos do psicólogo Claiton Marusiak.