Começou a elaboração da edição 2020 do Calendário de Eventos

CALENDÁRIO 1

Já iniciou o processo de elaboração do calendário de eventos de 2020. Entidades, associações e órgãos interessados em incluir eventos e promoções têm até 31 de agosto para preencher os dados relativos aos eventos. Tudo é feito via formulário eletrônico no site da Prefeitura. Simples e rápido. Dúvidas e mais informações pelo telefone (54) 3281-1222 ou o e-mail [email protected]

CALENDÁRIO 2

Em termos de calendário, o ano de 2020 é diferente dos três anteriores. Eu apostaria que as datas compreendidas entre os meses de maio e setembro vão ser bem mais disputadas em função da campanha eleitoral.

(PARÊNTESES)

(Isso se houver eleição municipal no ano de 2020. Tramita em Brasília uma proposta para unificar todas as eleições em 2022, o que daria aos atuais mandatários mais dois anos de mandato nas prefeituras e câmaras de vereadores).

CALENDÁRIO 3

Ano passado eu critiquei o andamento do Calendário Oficial, pois muitos eventos eram trocados de data ou cancelados sem as devidas notificações. Ainda estamos no sexto mês, mas já há condições de se afirmar que houve uma melhora considerável no presente ano. As entidades religiosas continuam sendo as mais organizadas em seus eventos. O que está agendado acontece. Não tem erro.

CALENDÁRIO 4

Quando o site da Prefeitura foi (muito bem) reformulado, foi deixada de fora a versão digital do Calendário de Eventos. É um item que deveria estar disponível no site, principalmente considerando-se as demandas da área do turismo.

CALENDÁRIO 5

Além de estar disponível no site, o calendário digital deveria oferecer um campo para atualizações. Assim, quando um evento é cancelado ou transferido, a informação fica disponível para todo mundo que consultar o calendário. É um recurso que a internet oferece e que não está sendo aproveitado.

CALENDÁRIO 6

Outra sugestão que tenho ouvido bastante das pessoas é que se produza também uma versão de tamanho reduzido do Calendário Oficial. Algo como um livreto como aquele distribuído com a programação do Festival de Folclore. E por que isso? Porque muitas pessoas usam o calendário em seu dia a dia, não raro para trabalhar. O formato oferecido atualmente, cuja beleza não me canso de elogiar, funciona bem para ficar preso à parede. Para levar a uma reunião, por exemplo, este formato já não é tão prático.

CALENDÁRIO 7

Em uma cidade como Nova Petrópolis, o que não falta são fotos dos seus lugares mais bonitos. Este farto material, obtido por meio de algum concurso ou outro tipo de seleção, poderia ser aproveitado em alguma edição futura do nosso calendário.