São Pedro e a Fest Feira. E, de quem é a culpa pela violência no Brasil

Certamente todos estão na torcida para que São Pedro colabore com o próximo e último final de semana da Fest Feira. Ainda bem que, em alguns momentos, o tempo foi firme, principalmente parte de terça e quarta. Ou há “algo” com este tipo de evento ou alguém jogou pedra na cruz, ou então a culpa é da data escolhida, pois o Salão de Negócios também foi prejudicado inúmeras vezes pelo mau tempo. Todo mundo lembra que a Expointer tem chuva ‘para mais de metro’, mas também tem um calorzinho que até atrapalha o passeio. Da mesma forma, a Festa da Batata, tem um fim de semana de chuva e outro de sol. Ou seja, tem o dia chuvoso, mas tem o dia do sol, o que parece que não acontecia com o Salão de Negócios, e, torcemos para que isso não ocorra com a Fest Feira, afinal, os organizadores e expositores pensaram em tudo com tanto carinho, então, São Pedro não deveria atrapalhar nos dois finais de semana…

“CURSO” NA CADEIA

Para finalizar o assunto que debatemos na terça, vale citar duas pequenas análises sobre a onda de violência que só aumenta. O bandido preso na divisa com a Argentina no final de semana, foi preso aqui há cinco anos pela BM. Em 2014, assaltou uma relojoaria, em 2019, um banco. Em 2014, tinha revólver; agora, um fuzil. Em 2014 assaltou aqui, agora, há quase 600km, ou seja, olha a área de atuação de um bandido!

Não dá medo de viver neste País? E sabe o que assusta? que em cinco anos nada mudou, ou melhor, piorou! De quem é a culpa? A culpa é da polícia e dos juízes? Não! Em primeiro lugar, a culpa é dos políticos safados que não mudam esta Lei, eles ficam pensando apenas nas emendas e na propina que vão receber, tanto que nada anda naquele Congresso!

BACALHAU

Da mesma forma, em vez do STF se preocupar em criar jurisprudência para entregar o Brasil às pessoas de bem, ficam pensando apenas no umbigo (ou estômago?) deles. Olha esta: “STF vai usar dinheiro do meu IR para pagar camarão, lagosta e bacalhau Tudo isso vai custar R$ 1,34 milhão”. Não somos nós que estamos dizendo, é a manchete da Gazeta do Povo!

É uma afronta ao brasileiro que trabalha de dia par comer de noite, se é que o Governo não lhe tira como imposto ou a bandidagem não rouba a janta no caminho de casa. Enfim, dá medo de onde as coisas vão parar daqui a cinco anos, se não dermos uma guinada de verdade no rumo deste Brasil!

DAR E RECEBER

Finalizamos com a mensagem positiva do dia de Bob Proctor: “Você precisa dar algo, antes que possa receber algo”. Ou seja, se o copo está pela metade de água morna, esvazie para, então, poder enchê-lo de água fria, se apenas misturar a água ficará “intragável” de morna. Hoje, as pessoas só querem direitos, nada de deveres; só querem ganhar, nada de pagar o preço. Então, ajude os outros com generosidade, para, então, se habilitar à recompensa. E, quando ela chegar, receba com gratidão, com agradecimento.

Aliás, você já agradeceu pela vida que tem hoje? Estamos em maio, então, nestes quatro meses do ano, você agradeceu a Deus pelo quê em 2019? Ah, ainda não deu tempo?