Grêmio venceu Fortaleza por 1x0; árbitro Savio Sampaio foi contestado (Créditos: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

O Fortaleza anunciou que vai formalizar queixa contra a arbitragem da partida disputada contra o Grêmio, no sábado, 8. O clube cearense contesta a expulsão do atacante Osvaldo, além de um possível pênalti não dado no final da partida, entre outras decisões feitas pelo VAR.

O Grêmio venceu o jogo por 1×0 e o Fortaleza está de volta à Série A em 2019. A reclamação do clube à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), endossada pelo técnico Rogério Ceni, é específica contra o árbitro Savio Pereira Sampaio, do Distrito Federal.

“Deixo a minha indignação não com a tecnologia, mas com o erro humano que, ao meu ver, vem mal intencionado, buscando favorecer o time da casa, que é economicamente mais forte. Não vou deixar minha indignação só para dentro, preciso externar. Queremos o futebol brasileiro da forma correta. E o VAR veio para isso, para a correção e não para criar novos erros”, disse o presidente do clube, Marcelo Paz.