(Crédito: Divulgação S.C.Internacional)

Mesmo tendo vivido momentos de muita tensão durante o jogo contra o Palmeiras, com xingamentos, ameaças físicas, gestos simulando armas e ameaças de morte, os dirigentes do Inter desistiram de registrar ocorrência na Polícia.

O relato da situação ocorreu na entrevista do vice-presidente de futebol Roberto Melo após a partida. Segundo o presidente colorado, o Inter não entrará com uma denúncia na polícia porque teve dos dirigentes do Palmeiras um pedido de desculpas e a garantia de que os fatos serão apurados com punição para os responsáveis.

O clube, no entanto, não deixará o fato sem um registro oficial. Isto se dará por documento, comunicando o ocorrido para a CBF. Marcelo Medeiros afirma também que está garantida total segurança para os palmeirenses no jogo de volta em Porto Alegre.

Os dirigentes e outros torcedores do Inter estavam em um camarote locado por uma empresa, de acordo com o Palmeiras.

  • O Palmeiras, que prometeu identificar os envolvidos através das imagens das câmeras do estádio. Nenhum dirigente ou torcedor colorado gravou imagens do ocorrido.