Prefeitos Wiliam, Martin e Nack estão em Brasília para tentar recursos para seus municípios

Região – Os prefeitos estarão na capital do país nesta semana. É o momento de buscar os recursos para os municípios com os deputados federais. O líder de Presidente Lucena, Gilmar Führ (Nack – PSDB) e o prefeito de Lindolfo Collor, Wiliam Winck (PP) embarcam nesta terça-feira. O prefeito de Ivoti, Martin Kalkmann (PP), já embarcou.

O prefeito Martin segue em busca de recursos para viabilizar a construção de um prédio próprio para o pronto atendimento Mais Vida. Além disso, quer mais verba para pavimentação de ruas de Ivoti.

Ao Diário, o prefeito Nack falou sobre os pedidos que deve fazer em Brasília. “Queremos recurso para reforma do posto de saúde, pavimentação, setor da Agricultura e também vamos tentar um espaço coberto para a escola Frederico Bervian”.

Além disso, ele vai aproveitar o momento para convidar os deputados para prestigiar a edição da Schmierfest. “Quem não é visto, não é lembrado”, finalizou ele.

O DECRETO E A VIAGEM

Em Lindolfo Collor, há um decreto de contingenciamento. Por conta disso, o prefeito não vai pedir a devolução das diárias, ou seja, vai custear do próprio bolso o pagamento do hotel, alimentação e transporte. Dos cofres públicos, somente as passagens de avião. “Com o decreto, servidores deixaram de receber hora extra, diárias, inclusive alguns CC’s foram despedidos. Por questão de respeito com os funcionários, não vou pedir a devolução de diárias”, comentou.

Winck afirmou que quer a liberação da verba para custear a pavimentação na rua Arthur Weber. Por conta disso, deve ir até o Ministério do Desenvolvimento Regional. Além disso, vai pedir a liberação do recurso para pagar o muro do Cras.