Márcio está preocupado com a Saúde de Lindolfo Collor (MDB)(Créditos:Arquivo/ODiário)

Lindolfo Collor – As críticas dos vereadores contra o governo foram intensas nesta semana. O presidente da Câmara, Márcio Cardoso (MDB), reclamou dos cortes do setor da Saúde.

Márcio falou que foram reduzidas as horas de especialidades como ginecologista, de pediatra, psiquiatria. O presidente disse ainda que uma paciente grávida precisou remarcar três vezes a consulta. “Temos muitos problemas na saúde, principalmente com certos cortes de despesa que o prefeito fez. Mais uma vez, estão cortando no lado errado. É lamentável”.

Para o presidente, o governo do prefeito Wiliam Winck deveria fazer cortes no setor jurídico. “São quatro pessoas neste setor. Poderiam ser dois, como era antigamente e a coisa andava. Em vez de cortar nesses lados, cortam horas de ginecologista, de pediatra, psiquiatria”, criticou.

MAIS RECLAMAÇÕES

Outro a comentar sobre o tema foi o vereador Ademir Rader (Dino – PT). Para ele, é necessário marcar uma reunião com prefeito e secretário com os vereadores no posto de saúde. “Temos que ver as pessoas esperando motorista da noite, às 4h30 da manhã o pessoal tá pronto e ninguém vai buscar. Eu entendo o motorista que não vai ganhar serão, mas a pessoa tá pronta e tem que esperar o motorista das 7h”, comentou.

Dino também disse que na madrugada, não há motorista disponível. “Nós ficamos descobertos no posto. Eu canso de falar que o horário mais complicado que tem é das 5h30 até 7h. Não podemos deixar o posto de saúde descoberto”, pediu ele.