Vivian (técnica), Nayara, Lurdes (mãe) e Dr. Mauro (médico).  (foto: Divulgação)

Herval – A equipe de Saúde do Ambulatório Municipal já participou de muitos atendimentos que marcaram a vidas de seus profissionais. Entre eles está o nascimento da Nayara Luísa Ferreira, que completou 1 ano no dia 20 de julho, trazendo muita alegria aos familiares e equipe médica. O nascimento de Nayara foi um pouco atípico porque é muito difícil ocorrerem nascimentos em Santa Maria do Herval, visto que o município não possui maternidade e a referência para os partos é o Hospital São José de Dois Irmãos. De acordo com os registros, desde que fechou o hospital, em 1998, esse foi recém o segundo nascimento no Ambulatório.

Mãe não quis registrar ocorrência contra o filho em Herval

O nascimento

O caso aconteceu na madrugada da sexta-feira, 20 de julho de 2018, por volta das 3h30, quando nasceu no Ambulatório 12 de Maio, Nayara Luísa Ferreira, de 38 semanas, com 3,240kg. O parto foi realizado no próprio Ambulatório pelo médico plantonista, Dr. Mauro Billodre e a técnica de enfermagem Vivian Lopes Kunst. A mãe Lourdes Aparecida Ferreira, 30 anos (na época), e a bebê foram transferidas para o Hospital São José de Dois Irmãos. O parto foi normal e sem quaisquer complicações. Elas tiveram alta no dia seguinte.

Prefeita de Morro Reuter e secretária vão à Brasília em busca de recursos

Emoção

O médico cardiologista Dr. Mauro Billodre, que estava de plantão naquela madrugada, lembra, emocionado, o nascimento de uma criança em suas mãos. “Na faculdade temos treinamento para realizar partos, mas fazia mais de 10 anos que eu não auxiliava em um. O grande problema são as complicações que podem ocorrer na hora do parto e não identificar um sofrimento fetal pode custar a vida do bebe. Por isso o ambiente hospitalar obstétrico sempre é o mais recomendado. Hoje, após um ano, ver a filha da Lurdes bem e saudável é uma benção de Deus!”, destacou Mauro.