Conecte-se conosco

Esporte

Comissão propõe reduzir salários de atletas durante paralisação pelo coronavírus

46 clubes de todas as divisões do futebol nacional participaram da reunião por videoconferência

A proposta de redução no salário dos jogadores foi o que mais chamou atenção entre as três medidas sugeridas pela Comissão Nacional de Clubes (CNC) divulgada na segunda-feira, 23, como sugestões de medidas para serem feitas por causa da pandemia do coronavírus. O texto fala em “redução da remuneração dos atletas em 25% durante o período de paralisação, como preceitua o artigo 503 da CLT em casos extremos e de força maior.

Os outros dois pontos sugeridos pela comissão são a concessão de férias coletivas para todos os jogadores entre 1 e 20 de abril e 10 dias de férias no final de 2020 ou início de 2021, dependendo do novo calendário do futebol brasileiro. Segundo o documento, representantes de 46 clubes de todas as divisões do futebol nacional participaram da reunião por videoconferência que ocorreu ontem.

Os clubes esperam uma resposta sobre a proposta da Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (Fenapaf), dos sindicatos e dos atletas em um prazo máximo de 48 horas. Caso não ocorra resposta, as férias coletivas serão concedidas no período proposto conforme foi autorizado em medida provisória recentemente.

Confira mais notícias sobre o Covid-19: