Conecte-se conosco

Ana Veiga

A política regional ganhou um novo episódio: o impeachment do prefeito de Lindolfo Collor

06/11/2019 - 09h58min

Não adianta: foi o assunto do final de semana. A lição que fica da cassação do mandato de Wiliam Winck é de que os prefeitos precisam e devem valorizar a Câmara de Vereadores. Querendo ou não, é o Legislativo que pode ajudar ou ferrar um governo. Em Lindolfo, vocês viram no que deu. Seis votos são necessários para cassar um mandato de prefeito e isso aconteceu.

ELE É POLÍTICO

O atual prefeito de Ivoti sabe muito bem valorizar os vereadores. Engana-se quem pensa que Martin Kalkmann não é político. A sua inteligência deixa bem claro que ele é político, mas é dos bons. Atualmente, ele possui dois vereadores de oposição. Porém, nem por isso, deixa de conversar com eles ou ouvir suas demandas. Márcio Guth, o que utiliza toda a segunda-feira a tribuna para reclamar do governo, chegou a apresentar um projeto de lei com o prefeito. Russo, o outro reclamão, não deixa de ir no gabinete para pedir suas coisas. Mais uma medida política é a ida para Brasília. O prefeito Martin faz questão de pedir a assinatura de todos os vereadores quando o assunto se refere a pedir recurso a um deputado. Se recebe essa verba, Martin valoriza o vereador.

OPOSIÇÃO É IMPORTANTE

O que quero dizer com isso tudo é que um prefeito deve valorizar a Casa Legislativa, independentemente quem esteja sentado na cadeira. Martin sofre com algumas acusações dos vereadores, mas não deixa a raiva subir à cabeça. Um líder precisa pensar na comunidade e não no ego. Um prefeito precisa da Câmara não só para governar, mas para ser fiscalizado. Um governo precisa de oposição. Claro, a oposição que combate com informações verdadeiras né, não quando reclama de grama que não foi molhada sem saber exatamente do que se trata. Enfim. O impeachment em Lindolfo deixa uma lição bem grande: prefeitos, valorizem os vereadores!

AS RECLAMAÇÕES JÁ COMEÇARAM

Ele nem começou, mas as reclamações já surgiram. Adiantamos que Nenhum de Nós será uma das bandas na festa. Os internautas já reclamaram desta opção. Outro ponto que também já foi citado é o local escolhido: o entorno da Praça Concórdia. O espaço que é realizado o Kerb não é uma unanimidade. Muitas pessoas reclamam de como ficam as ruas e até mesmo do barulho. Todo o ano é a mesma coisa. O que se sabe é que o evento está chegando. Até lá, vamos divulgando as novidades.

A UNIÃO SEMPRE FAZ A FORÇA

Quando a sociedade se junta por algo, as coisas acontecem. Foi muito negativa a repercussão para o governo do estado em relação ao IPVA. Inicialmente, era só à vista. Como todos sabem, eles recuaram e poderemos pagar o imposto de forma parcelada. Assim que soube da primeira notícia de que seria à vista, quase tive um treco. Já estava catando as últimas moedas e pensando no que fazer. Muita gente também ficou apavorada. Isso influenciaria no comércio e até nas vendas de Natal. Entre comprar aquele presente mais caro e pagar o IPVA, teríamos que escolher o imposto, já que não dá pra ficar inadimplente. A pressão foi grande e finalmente o governador voltou atrás. Quando o povo luta por algo de forma unida, com empatia e coragem, o povo consegue!

Conteúdo EXCLUSIVO para assinantes

Faça sua assinatura digital e tenha acesso ilimitado ao site.