Conecte-se conosco

 

Colunistas

O local é bom, a praça e o seu entorno é bonita

Ainda cabe uma palavrinha sobre o kerb de Ivoti, mas sobre a Praça Concórdia, onde foi a festa. O local é bom, a praça e o seu entorno é bonita. Ali tem, ainda, o chafariz, que dá um toque de natureza para a praça. No entanto, tem uma coisa que deixa a gente triste acima de tudo. A gente consegue ficar triste no meio de uma festa, com gente bonita e muita diversão com música animando todos. Estou falando da Sociedade Concórdia, aquele prédio que está desmanchando e ninguém faz nada. Não é possível que num lugar que é público no outro lado da rua onde fica o conjunto da praça, esteja abandonado no outro lado da rua. Se você passa na rua não se dá conta do que está acontecendo ali. Se tem um prédio na cidade que tem que ser preservado é este. Provavelmente vai custar só a sua manutenção. E tem bastante utilidade. A localização nem se fala.

PORQUE

Porque, então, ele continua ali se deteriorando, entrega à ação do tempo, sem que ninguém mova uma palha para tirar aquele prédio histórico do fundo do poço. Isso só os astros explicam, ou a falta de um mínimo de visão por parte de nossos homens públicos. Não é essa administração propriamente dita que não faz nada. Todos os prefeitos que passaram por Ivoti não fizeram nada e não iam fazer. Falta nas nossas hostes políticas um estadista, aquela pessoa que enxerga o futuro um pouco mais além da ponta do nariz. Se a Prefeitura não tem, como alega, dinheiro para assumir a Sociedade Concórdia, tem que fechar as portas. Se é assim, a comunidade tem que assumir. Eu trabalho de graça para ajudar a manutenção daquele prédio. O que ouvi no fim de semana foi que o prédio estava fechado por falta de PPCI. Para quem não sabe, a liberação dos bombeiros. Se sempre teve PPCI porque não haveria de ter agora.

ASSOCIAÇÃO

Uma sugestão: a criação de uma Associação de Amigos do Kerb de Ivoti e esta associação instalar ali a sua sede e tomar conta do prédio. Não dá para deixar tudo para o poder público, porque os políticos não pensam como alguém comprometido com a sua cidade por incrível que pareça. O político pensa mais no voto do que qualquer outra coisa. Mas um estadista tem que pensar na sua cidade, nas futuras gerações. Além de abraçar a Casa Holler no centro, vamos também abraçar a Sociedade Concórdia. Ainda mais levando em consideração que no outro lado da sede da Sociedade fica a principal praça da cidade, que já é pública. É unir o útil ao agradável.

ABAIXO

Sinceramente, se é para deixar apodrecer de pé, que se coloque então logo abaixo a Sociedade e dá uma outra utilidade para o terreno. O que não pode é deixar como está. Acho que a administração municipal deveria se reunir com as principais lideranças políticas, a começar pelos vereadores e discutir uma finalidade para o prédio. Depois estes eventos poderiam se estender para o restante da comunidade. E que se use a Sociedade nos eventos promovidos na praça como o Natal e o próprio kerb. A Prefeitura não vendeu o kerb deste ano por 90 mil. Porque o dinheiro ou parte dele não foi investido na Sociedade. Vamos sacudir a poeira e se mexer. Podemos como cidade fazer muito mais do que já foi feito. A ordem é arregaçar as mangas.