Conecte-se conosco

 

Destaques

Alerta aos pais: brincadeira perigosa dentro das escolas viraliza nas redes sociais

Vídeos em que adolescentes aparecem brincando de derrubar uns aos outros no chão dentro de escolas começaram a circular nas redes sociais nesta semana, e preocupam pais e mães neste início de ano letivo. Em novembro do ano passado, uma adolescente de 16 anos morreu em Mossoró, Oeste do Rio Grande do Norte, após bater a cabeça enquanto participava da brincadeira.

De acordo com o neurocirurgião Márcio Ramalho, que atende em Natal, fica o alerta para os riscos à saúde representados por essas brincadeiras. Para o médico, uma pancada mais forte na cabeça pode resultar em traumatismo craniano, com hematomas cerebrais.

Além disso, uma queda nessas circunstâncias pode ocasionar lesões na coluna cervical. “Deixando, inclusive, a pessoa que se acidentou tetraplégica. É importante lembrar também que os dois tipos de dano podem também levar à morte. Não são boas práticas brincadeiras desse tipo”, complementou.

Caso Emanuela

Em novembro do ano passado uma estudante de 16 anos, morreu depois de bater a cabeça no chão ao cair durante uma brincadeira na Escola Municipal Antônio Fagundes, em Mossoró. A garota, identificada como Emanuela Medeiros, sofreu traumatismo craniano. Ela chegou a ser socorrida pela direção da instituição e levada ao hospital, mas não resistiu.

De acordo com familiares da vítima, a estudante participava de uma brincadeira com outras duas pessoas que a seguraram e tentaram girá-la, como uma espécie de cambalhota. Durante o giro, ela caiu e bateu a cabeça no chão. Emanuela era aluna do nono ano.

 

 

Fonte: G1

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *